Lideranças do turismo do Estado do Mato Grosso mostram otimismo pelo sucesso da FIT Pantanal 2016. Evento, desenvolvido em três etapas — uma pelo interior da região e duas na capital, Cuiabá, estima movimentar R$ 10 milhões de novos negócios.

 

As perspectivas de lideranças da administração pública e da iniciativa privada ligadas ao turismo são as melhores, em relação à realização da Feira Internacional de Turismo do Pantanal — FIT Pantanal, no Município de Cuiabá, capital do Estado do Mato Grosso. O grande evento, com objetivo divulgar os potenciais do Estado neste setor em âmbitos nacional e internacional será desenvolvido em três fases, num modelo bem inovador.

De 15 a 19 de abril, grupos de jornalistas especializados em turismo conhecerão roteiros pelo Município de Jaciara, Município de Nobres, Município de Cáceres, Município de Poconé e Município de Campo Novo do Parecis. Assim, terão a oportunidade de revelar para seus leitores ou espectadores os patrimônios à disposição dos visitantes em todas as cidades, riquezas relacionadas à cultura, folclore, história e, principalmente, natureza.

Retornando ao Município de Cuiabá, acompanham, de 20 a 22 de abril, no Centro de Eventos do Pantanal, a parte técnica da FIT Pantanal 2016, sob o tema “Turismo: um grande negócio”: apresentações de painéis, desenvolvimento de reuniões, mobilizações em fóruns, rodadas de comercialização, participação em encontros etc. Essa sequência de ações vai traduzir a dimensão do mercado de turismo no Estado do Mato Grosso.

E, encerrando os trabalhos, dias 23 e 24, na Arena Pantanal, sob o tema “Vem pra Arena Turismo’, inovadora exibição de atividades de aventura e lazer, facilitando uma imersão, tanto do público quanto da imprensa especializada, no de melhor, disponível,  em turismo no Estado do Mato Grosso: culinárias típicas, manifestações culturais, exibições folclóricas, passeios únicos, patrimônios históricos, riquezas naturais…

A organização da FIT Pantanal 2016 espera reunir mais de 100 mil pessoas durante as segunda e terceira fases da promoção, e movimentar cerca de R$ 10 milhões. Estarão presentes cerca de 200 empreendedores diversos, reunindo iniciativa privada e entidades públicas e 50 Municípios e 27 Estados de todo o Brasil. Há, ainda, 44 representações oficiais de cinco nações da América do Sul: Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Peru.

 

Eventos paralelos à FIT Pantanal 2016

 

  • Encontro da Associação Brasileira de Agências de Viagens — Abav Nacional
  • Encontro de Negócios do Salão do Turismo — Expotur
  • Encontro Nacional de Guias de Turismo
  • Encontro Nacional do Clubes da Melhor Idade
  • Encontro Nacional dos Bacharéis de Turismo
  • Fórum de Dirigentes Estaduais de Turismo da Amazônia Legal — CNTur
  • Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo — Fornatur
  • Reunião da Zona de Integração do Centro-Oeste Sul-Americano — Zicosur

 

Lideranças do Estado do Mato Grosso falam sobre as perspectivas do turismo com a FIT Pantanal 2016

 

Governador do Estado do Mato Grosso
Turismo do Estado do Mato Grosso vê boas perspectivas para a FIT Pantanal 2016

Pedro Taques, governador do Estado do Mato Grosso: “Além de ser uma grande vitrine para os que já conhecem e os que desejam conhecer as potencialidades do Estado do Mato Grosso, a FIT Pantanal 2016 trará, também, a visão de turismo baseado em desenvolvimento sustentável, promovendo quatro ecossistemas: Amazônia, Araguaia, Cerrado e Pantanal. E também demonstrar a capilaridade dessa atividade na criação de postos de trabalho, geração de renda e distribuição de riquezas”

 

Secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado do Mato Grosso

Turismo do Estado do Mato Grosso vê excelentes perspectivas com a FIT Pantanal 2016

Soseneri Paludo, secretário de Desenvolvimento Econômico do Governo do Estado do Mato Grosso: “A FIT Pantanal 2016 é uma realização de empreendedores e entidades representativas do turismo de todo o Estado de Mato Grosso, apoiada em todos os níveis de Governo locais. Em termos nacionais, tem apoios institucionais decisivos, tanto do Instituto Brasileiro do Turismo — Embratur quanto do Ministério do Turismo. Tudo isso nos garante uma projeção ímpar, tanto em termos do mercado nacional quanto fora do País”

 

Prefeito do Município de Cuiabá
Turismo do Estado do Mato Grosso vê excelentes perspectivas com a FIT Pantanal 2016

Mauro Mendes Ferreira, prefeito do Município de Cuiabá: “A cidade de Cuiabá é porta de entrada para o Centro-Oeste brasileiro. Temos vocação para praticamente todo tipo de turismo: aventura, cultural, ecológico, eventos, histórico, lazer, negócios e por aí vai. Nosso aeroporto é internacional. O cardápio de hotelaria reúne marcas internacionais. Somos centro de malha rodoviária, rodovias ligando todo do Estado. Precisávamos apenas do impulso de um evento como a FIT Pantanal 2016”

 

Secretário de Turismo do Município de Cuiabá
Turismo do Estado do Mato Grosso vê excelentes perspectivas com a FIT Pantanal 2016

Alberto Machado, secretário de Turismo do Município de Cuiabá: “A cidade de Cuiabá tem tudo para agradar o turista, venha ele com propósitos os mais diversos: acervo histórico, calor humano, culinária regionalizada, folclore ímpar… As opções de lazer são incontáveis: bares, casas de shows, centros de compras, restaurantes e muito mais. Temos espaços capacitados para acomodar eventos, receber seminários, sediar congressos. Todo este acervo será apresentado durante a FIT Pantanal 2016”

 

Presidente da Seccional Estado do Mato Grosso da Associação Brasileira de Agências de Viagem — Abav-MT

Turismo do Estado do Mato Grosso vê excelentes perspectivas com a FIT Pantanal 2016

Joari Proença Cruz, presidente da Seccional Estado do Mato Grosso da Associação Brasileira de Agências de Viagem — Abav-MT: “Há tempos que o turismo do Estado do Mato Grosso merecia um evento profissional como a FIT Pantanal 2016. Sua realização configura um salto de qualidade em nossa atividade. A natureza nos deu muita coisa. Em 400 anos de história, construímos um patrimônio riquíssimo. Tudo isso está aí, à disposição daqueles chegando aqui em busca de apenas descansar, fazer negócios, viver novas emoções. Precisamos recebê-los bem”

 

Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Mato Grosso
Turismo do Estado do Mato Grosso vê excelentes perspectivas com a FIT Pantanal 2016

Jandir José Milan, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Mato Grosso — Fiemt: “O atividade do turismo impacta de uma forma direta praticamente todos os ramos da indústria. Se ela cresce, ampliam as demandas da construção civil, produção de móveis, artigos de confecção, material gráfico, alimentos processados e por aí vai. Nosso Estado do Mato Grosso no geral, e nossos industriais, em particular, têm a ganhar muito com a  realização de um evento como a FIT Pantanal 2016. E, temos certeza, será um sucesso!”

 

Prefeito do Município de Jaciara
Turismo do Estado do Mato Grosso vê excelentes perspectivas com a FIT Pantanal 2016

Ademir Gaspar de Lima, prefeito do Município de Jaciara: “Vamos aproveitar a FIT Pantanal 2016 para mostrar que a cidade de Jaciara é ideal para quem gosta de viver fortes emoções, um paraíso para amantes de esportes de aventura. E aumentar o fluxo de visitantes de todo o Brasil e até do exterior, buscando canoagem, rafting e rapel. A fusão de cachoeiras, sítios arqueológicos, complexos termais, cânions e vales fazem dessa nossa região um pedaço de terra único, abençoado pela natureza”

 

Prefeito do Município de Nobres

Turismo do Estado do Mato Grosso vê excelentes perspectivas com a FIT Pantanal 2016

Sebastião Gilmar Luiz da Silva, prefeito do Município de Nobres: “A FIT Pantanal 2016 será mais um caminho para mostrar ao mundo nossas riquezas Uma delas é a Serra do Tombador, onde se escondem verdadeiras maravilhas esculpidas pela natureza. Só ali, são mais de 30 cavernas e lagos com águas cristalinas, perfeitos para mergulho e para a prática de flutuação. São locais proporcionando aos visitantes vistas fantásticas. Tem gente que chega aqui e pensa em não mais retornar para casa”

 

Prefeito do Município de Cáceres
Turismo do Estado do Mato Grosso vê excelentes perspectivas com a FIT Pantanal 2016

Francis Mares Cruz, prefeito do Município de Cáceres: “Nossa cidade é tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional. Além disso, a vocação para o turismo de pesca de lazer é referência em todo o mundo. Além disso, o turista encontra fazendas históricas, com arquitetura colonial, e belo cenário natural formado por cavernas, cachoeiras, reservas ecológicas e praias fluviais no período de seca dos rios. Isso é um pouco do que vamos exibir durante a realização da FIT Pantanal 2016”

 

Prefeita do Município de Poconé
Turismo do Estado do Mato Grosso vê excelentes perspectivas com a FIT Pantanal 2016

Nilce Mary Leite, prefeita do Município de Poconé, na foto, ao lado do vice-prefeito da cidade, Emir Lucas de Paula Santos: “Somos a porta de entrada para o Pantanal, pois a Estrada Parque Transpantaneira começa em nossa cidade. Inúmeras pousadas e hotéis oferecem passeios de barcos, cavalgadas e pesca esportiva. No momento da FIT Pantanal 2016, nossa planície vai mostrar-se inundada. É o momento perfeito para se observar a força da vida imersa naquele ambiente: aves, peixes, animais, répteis. Não há nada igual assim no mundo”

 

Prefeito do Município de Campo Novo do Parecis
Turismo do Estado do Mato Grosso vê excelentes perspectivas com a FIT Pantanal 2016

Mauro Valter Berft, prefeito do Município de Campo Novo do Parecis: “Temos muito a vender na FIT Pantanal 2016. Afinal, somos conhecidos como Terra dos Encantos. Um dos nossos atrativos é o Balneário Verde, onde se pode praticar rafting, canoagem, flutuação e mergulho livre, dentre outras atividades. Nossos outros pontos turísticos são a Ponte de Pedra, Salto Belo e o Salto Utiariti. É região propícia a turismo rural, turismo de aventura e o novo etnoturismo, como valorização da cultura indígena”