Abav Nacional e outras entidades representativas do setor otimistas quanto à alíquota de 6% — e não de 25%! — sobre os valores enviados para fora do País. Edição 2016 da Abav Expo Internacional de Turismo deixa Anhembi e vai para Expo Center Norte.

 

Ministro do Turismo garante que Governo vai cumprir o acordo da alíquota de 6% — e não vai impor a de 25%

 

O atual ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, reafirmou que o Governo está empenhado em encontrar uma saída de consenso para o imposto que vai incidir sobre pagamentos para fornecedores fora do Brasil. Após encontro com a área econômica da Administração Federal, o ministro destacou que o acordo de firmado em dezembro, fixando em 6% a alíquota sobre as remessas de dinheiro para fora do País, está mantido.

No final de 2015, o então ministro da Fazenda, Joaquim Levy, garantiu que o Imposto de Renda Retido na Fonte para remessas ao exterior referentes a gastos com educação, manutenção de dependente, saúde e turismo não passaria de zero para 25%, e sim para 6%. Também o ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, garantiu a manutenção do acordo. E o Governo já estuda a viabilidade técnica para implantação da nova tarifa.

— O Governo sabe da importância do turismo na geração de emprego e renda e está voltado em buscar a solução definitiva para este problema rapidamente — afirmou Henrique Alves. “Estamos otimistas. O Governo sempre manteve as portas abertas para a discussão. Acredito estarmos prestes a resolver a questão” — revelou Marco Ferraz, o atual presidente da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos, a Clia Abremar.

— O empenho do ministro Henrique Eduardo Alves está sendo fundamental para o Governo entender toda a dimensão desta discussão — ressaltou o presidente da CVC, Luiz Falco. A reunião foi realizada em Brasília e contou com a presença de Magda Nassar, presidente da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo, a Braztoa, e Edmar Bull, da Associação Brasileira de Agências de Viagens, a Abav Nacional.

O momento é delicado para o setor do turismo. O ano de 2015 foi de forte crise, câmbio elevado, juros nas alturas, desemprego crescente e desconfiança idem. Este imposto acresce em 33% os produtos. O fechamento de agências e operadoras é iminente, como o cancelamento de voos internacionais, cursos de formação no exterior e a vinda de cruzeiros marítimos, além do incalculável prejuízo social, econômico e diplomático.

Os dirigentes das principais entidades representativas do turismo no Brasil lembram que a atividade tem contribuído para alavancar economias de países em crise, razão para que o Governo brasileiro o eleja como prioridade na luta para reativação do crescimento do nosso País. “O Governo está ciente da delicadeza desta questão. E sentimos empenho no Ministério do Turismo e no Ministério da Fazenda” — resumiu, otimista, Edmar Bull.

 

Tributação sobre remessas ao exterior é ameaça ao futuro do turismo brasileiro

Os presidentes da entidades representativas do turismo brasileiro reunidos com o ministro do Turismo, em Brasília

 

 

Edição 2016 da Abav Expo Internacional de Turismo deixa Anhembi e acontecerá no Expo Center Norte

 

A edição 2016 da Abav Expo Internacional de Turismo será realizada no Expo Center Norte, moderno espaço de convenções, exposições e feiras localizado bem próximo à Marginal Tietê e ao local no qual fica situado o complexo do Anhembi. Ele tem quase 100 mil metros quadrados de infraestrutura, com padrão internacional de qualidade. Tudo isso distribuído por cinco pavilhões, atendidos por sistema de ar condicionado.

— O Anhembi estará passando por intervenções e melhorias ao longo de todo este ano. Avaliamos diversas alternativas na cidade de São Paulo, e optamos pelo Expo Center Norte. Eles, além do interesse já manifestado diversas vezes para abrigar a Abav Expo Internacional de Turismo, tinham disponível no calendário nosso período, evitando que tivéssemos de alterar datas — explicou Edmar Bull, presidente da Abav Nacional.

O acerto com a SPTuris, empresa municipal gestora do complexo do Anhembi, foi feito sem prejuízo para o contrato existente entre aquela entidade e a Abav Nacional, válido para três anos: 2015 já cumprido; 2016 —transferido para 2018 — e 2017. A realização de 2016, no Expo Center Norte, acontece de 28 a 30 de setembro; a de 2017, retornando ao Anhembi, será entre 27 e 29 de setembro; e a de 2018, entre 26 e 28 de setembro.

O Expo Center Norte integra o Cidade Center Norte, sendo vizinho de um dos primeiros shoppings centers da cidade de São Paulo, capital do Estado de São Paulo. Ali também fica outro shopping especializado em artigos para decoração e um hotel de alto padrão. Os quatro empreendimentos ocupam uma área de 600 mil metros quadrados na Zona Norte, junto ao metrô e terminal rodoviário e com acesso fácil a aeroportos e rodovias.

A seguir, algumas imagens do complexo Cidade Center Norte, do qual o Expo Center Norte faz parte:

 

Tributação sobre remessas ao exterior é ameaça ao futuro do turismo brasileiro

 

Tributação sobre remessas ao exterior é ameaça ao futuro do turismo brasileiro

 

Tributação sobre remessas ao exterior é ameaça ao futuro do turismo brasileiro

 

 

José Roberto Lacerda Sabino, com larga experiência no turismo, é o novo diretor executivo da Abav Nacional

 

Uma incorporação de peso à equipe da Abav Nacional é João Roberto Lacerda Sabino, como diretor-executivo. A iniciativa integra o grupo de seis metas estabelecidas pelo atual presidente da entidade, Edmar Bull, dentro do pilar Abav Profissional, detalhado no início de sua gestão. “Há tempos vínhamos sentindo a necessidade de voltar a contar com um executivo em tempo integral, contratação permitida pelo Estatuto” — revela.

Além da disponibilidade, a Abav Nacional buscava um profissional experiente, com visão macro do setor. “Reunindo estas prerrogativas, João Roberto agrega com o largo poder de influência comercial adquirido em anos de contato estreito com o mercado” — afirmou Edmar Bull. João Roberto será responsável pelo desenvolvimento de ações e estratégias visando a profissionalização da gestão associativa da Abav Nacional.

— Voltar ao turismo vinculado a uma entidade com esta representatividade confere motivação extra ao desafio de consolidar a Abav Nacional como referência máxima. Assumo alinhado com os pilares e metas estabelecidos pelo presidente Edmar Bull, a quem agradeço pela confiança em mim depositada — disse Sabino, que acumula 30 anos de experiência no setor, marcadamente no Grupo Varig, onde atuou até 2006.

 

Tributação sobre remessas ao exterior é ameaça ao futuro do turismo brasileiro

José Roberto Lacerda Sabino, ao lado de Edmar Bull, presidented da Abav Nacional: “Voltar ao turismo vinculado a uma entidade com esta representatividade confere motivação extra ao desafio de consolidar a Abav Nacional como referência máxima”

 

Jersusa Hara, nova supervisora de eventos da Abav Nacional: foco na Abav Expo Internacional de Turismo

A Abav Nacional anunciou mais um reforço em sua equipe, com a contratação de Jerusa Hara. Ela, agora como supervisora de Eventos, traz para a entidade a grande experiência acumulada neste segmento de atividade. Seu foco de atuação estará concentrado nas atividades envolvidas na realização da Abav Expo Internacional de Turismo. A edição deste ano, a ser realizado no Expo Center Norte, acontecerá de 28 a 30 de setembro.

— Com Jerusa Hara, asseguramos atendimento mais assertivo às necessidades dos nossos expositores. Ela conhece isso muito bem, pois é egressa da Promo Inteligência Turística, empresa nossa parceira na comercialização, promoção e organização da Abav Expo Internacional de Turismo, onde atuou por quatro anos. E com a qual trabalhará em estreita colaboração a partir de agora — diz Edmar Bull, o presidente da Abav Nacional.

Jerusa Hara reúne experiência profissional adquirida em outras grandes feiras do setor, como Fispal Food Service, ABF Franchising Expo e Salão do Turismo. “2016 será de muitos desafios para o turismo, a economia e o fortalecimento do País. E isso estimula sugerir estratégias e soluções para a Abav Expo Internacional de Turismo crescer e se fortalecer, mantendo-se como referência no segmento de eventos” — ressalta Jerusa.

 

Tributação sobre remessas ao exterior é ameaça ao futuro do turismo brasileiro

O presidente da Abav Nacional ao lado da nova supervisora de Eventos da entidade, Jerusa Hara: “2016 será de muitos desafios para o turismo, a economia e o fortalecimento do País. E isso estimula sugerir estratégias e soluções para a Abav Expo Internacional de Turismo crescer e se fortalecer, mantendo-se como referência no segmento de eventos”