Roteiro do Agroturismo agrega conflitos sociais, história e paisagens deslumbrantes. São três horas de imersão em um século de heranças e vivências sem iguais. Viagem a bordo de antiga lotação, a Princesinha, acrescenta nostalgia à aventura concluída com muita música e animação.

 

Tour O Quatrilho: 150 anos de história da Cidade de Gramado

 

A história da colonização da belíssima região no entorno da Cidade de Gramado teve início em meados de 1875. Passados quase 150 anos, o deslumbramento pelas lindas paisagens une-se à herança deixada pelos pioneiros, em sua maioria alemães e italianos.

Partes desta longa trajetória, adornadas por visuais incomparáveis, são revividas através de passeios pela área rural. São roteiros unindo a beleza ímpar de todo aquele território a costumes e tradições mantidos com amor e fidelidade por herdeiros de desbravadores.

Um deles apimenta ainda mais seus atrativos com uma parada estratégica. Trata-se da residência onde viveram personagens de uma história sui generis. Pode-se dizer, muito avançada para o momento do ocorrido, as primeiras décadas do século XX, anos 1900.

 

Tour O Quatrilho exibe novo ângulo da secular história da Cidade de Gramado

Tour O Quatrilho — Resumo da história da colonização da Cidade de Gramado, cujo início remonta a meados de 1875. Passados quase 150 anos, o deslumbramento pelas lindas paisagens une-se à grande herança deixada pelos pioneiros, alemães e italianos

 

Tour O Quatrilho: realidade, livro e filme de muito sucesso

 

Por ser tão fora do comum para a época, os acontecimentos foram retratados em dois importantes trabalhos. Primeiro, um livro, escrito por José Clemente Pozenato. E este gerou um filme, dirigido por Fábio Barreto e estrelado por Glória Pires e Patrícia Pillar.

Trata-se de O Quatrilho. Além de alcançar grande sucesso de público no Brasil, foi selecionado para concorrer ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, perfilando entre os quatro finalistas. Este fato o levou a ter excelente bilheteria quando exibida no exterior.

Antes de seguir, uma curiosidade: quatrilho é um antigo jogo de cartas, muito popular entre os imigrantes italianos. Disputado em duplas formadas por casais, é iniciado com marido e mulher formando os primeiros pares; e troca-se de parceiro findo cada rodada.

 

Tour O Quatrilho exibe novo ângulo da secular história da Cidade de Gramado

Tour O Quatrilho — Além de alcançar grande sucesso de público no Brasil, O Quatrilho foi selecionado para concorrer ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, perfilando entre os quatro finalistas. Isto o levou a ter excelente bilheteria quando exibida no exterior

 

Tour O Quatrilho: início nas raízes retratadas na Praça das Etnias

 

O ponto de partida é a Praça das Etnias, no coração de Cidade de Gramado. Ali, três reproduções de residências originais dos imigrantes — alemã, italiana e portuguesa — enaltecem as origens dos criadores das riquezas desfrutadas por todos nos dias atuais.

Também lá ficam os Fornos Comunitários, ao lado dos quais são vendidos biscoitos, bolos e pães produzidos segundo as receitas dos antigos e assados na hora. É o local, ainda, da Feira Orgânica, com frutas, legumes e vegetais cultivados sem agrotóxicos.

Ao embarcar na Princesinha, lotação com quase 40 anos de idade, montada em 1979, apesar de totalmente restaurada, o motorista pede licença para levar junto um mecânico. Afinal, se aquela geringonça apresentar pane, a presença do especialista é fundamental.

 

Tour O Quatrilho exibe novo ângulo da secular história da Cidade de Gramado

Tour O Quatrilho —Praça das Etnias, no coração de Cidade de Gramado. Ali, três reproduções de residências originais dos imigrantes — alemã, italiana e portuguesa — enaltecem as origens dos criadores das riquezas desfrutadas por todos nos dias atuais

 

Tour O Quatrilho: veículo antigo exige “mecânico” a bordo

 

Autorizado pelos passageiros, adentra o veículo o maior “especialista em rebimboca da parafuseta” da Serra Gaúcha, região de montanhas ocupando a parte Norte do Estado do Rio Grande do Sul. E da qual a Cidade de Gramado é, sem dúvidas, o seu maior ícone.

Animados, relaxados, seguros, sonhadores, o grupo inicia a imersão no passado de um século em apenas três horas de uma viagem tranquila. Não demora muito para se deixar a área urbana e adentrar a parte rural, afinal, o objetivo principal de todos ali presentes.

Cruzando entre riachos límpidos e vales coberto de verde, logo vai-se bater na fazenda da Família Lazaretti. A recepção acontece ao lado de um belo parreiral, iniciado pelo bisavô do atual proprietário daquele lindo pedaço de terra, fazendo mais de 100 anos.

 

Tour O Quatrilho exibe novo ângulo da secular história da Cidade de Gramado

Tour O Quatrilho — Cruzando riachos límpidos e vales coberto de verde, não demora muito para bater na fazenda da Família Lazaretti. A recepção acontece junto ao parreiral iniciado mais 100 anos atrás, pelo bisavô do atual proprietário daquele pedaço de terra

 

Tour O Quatrilho: experiência secular da Família Lazaretti

 

Depois da explicação sobre o cultivo da uva, entra-se na cantina, onde se produz suco, vinho e graspa — aguardente extraída da casca da uva. Mais noções sobre colheita, moagem, fermentação, depuração e embalagem, e parte-se para a degustação da bebida.

Os paladares são bem diversos. Vinho varia em termos da cor em branco, rosé ou tinto; e de sabor, seco, demi-seco, suave. A graspa é pura ou trabalhada com frutas. O suco de uva é integral; tudo sempre acompanhado de lasquinhas de biscoitos doces e salgados.

Os sabores são convidativos e os preços, tentadores. Não surpreende muitos retornarem aos bancos da Princesinha carregados de embalagens, em grande maioria, presentes para amigos, colegas, familiares e parentes, quando do retorno para suas cidades de origem.

 

Tour O Quatrilho exibe novo ângulo da secular história da Cidade de Gramado

Tour O Quatrilho — Produtos da família Lazaretti: sabores são convidativos e preços tentadores fazem muitos retornarem à Princesinha carregados de embalagens, presentes para amigos, colegas, familiares e parentes, no retorno para suas cidades de origem

 

Tour O Quatrilho: momento para se conhecer a verdadeira história

 

Depois de novo pequeno trecho de estrada asfaltada, margeada por árvores, casas, cercas, flores e pastos, é chegada a hora da visita mais esperada, aquela dando nome ao circuito, momento de se conhecer os verdadeiros personagens das obras O Quatrilho.

Membro da Família Grings, atual proprietária do local, recebe a todos na parte inferior do imóvel no qual viveram os dois casais. Sua narração é ilustrada por apresentação em Power Point, mesclando fotos antigas, em preto e branco, com cenas do filme em cores.

Em resumo: a partir de 1910, naquela isolada comunidade rural formada por imigrantes italianos, dois casais passaram a dividir aquela casa. Isso aconteceu porque os maridos tornaram-se sócios na construção e, depois, exploração de um moinho movido a água.

 

Tour O Quatrilho exibe novo ângulo da secular história da Cidade de Gramado

Tour O Quatrilho — Depois de um pequeno trecho de estrada asfaltada, margeada por árvores, casas, cercas, flores, igrejas e pastos, a visita mais esperada, aquela dando nome ao circuito, para se conhecer os verdadeiros personagens das obras O Quatrilho

 

Tour O Quatrilho: troca de casais numa época de muita repressão

 

Não demora, a esposa de um inicia romance com o marido da outra. Eles fogem para recomeçar a vida em outro local, deixando para trás seus parceiros. Os que ficaram acabam unindo-se também, situação criticada pela Igreja Católica e pela comunidade.

Já envelhecidos, os fujões fazem proposta para retornar, e viverem juntos. A ideia é rejeitada pelos abandonados. Estes, falecidos, dividem o mesmo jazigo no cemitério bem ao lado da antiga igrejinha, construída em madeira. Aliás, ali os quatro se casaram.

Na saída, nova oferta de produtos típicos da região: artesanatos, biscoitos, bolos, doces, embutidos, licores, peças em metal, vinhos etc. E, também, alguns exemplares do livro O Quatrilho, na qual o autor José Clemente Pozenato narra o drama com profundidade.

 

Tour O Quatrilho exibe novo ângulo da secular história da Cidade de Gramado

Tour O Quatrilho — Envelhecidos, os fujões propõem retornar, para viverem juntos. A ideia é rejeitada pelos abandonados. Estes, falecidos, dividem o mesmo jazigo no cemitério bem ao lado da antiga igrejinha em madeira. Aliás, ali os quatro se casaram

 

Tour O Quatrilho: exemplo de caráter frente ao disse-me-disse

 

Todos deixam o local embevecidos pela força do caráter daquele casal: enfrentando o disse-me-disse da vizinhança, a patrulha dos moralistas de plantão, os sermões do padre e outras censuras, criaram e educaram uma dezena de filhos, tornando-os bons cidadãos.

Aboletados nos bancos da Princesinha, minutos depois, chega-se ao ponto mais alto do dia. Afinal, o topo do Morro da Polenta descortina visões panorâmicas, em 360 graus, a 900 metros de altitude. Lá embaixo, o Vale de Gramado e o Vale de Nova Petrópolis.

Cumes de montes delineiam o horizonte; leitos dos rios brilham à luz do Sol; estradas riscam o verde em diversas direções; aqui e ali despontam casas; remanescentes de mata sobrevivem em paralelo aos terrenos tomados por culturas ou preparados para o plantio.

 

Tour O Quatrilho exibe novo ângulo da secular história da Cidade de Gramado

Tour O Quatrilho — Visita ao ponto mais alto do dia, o topo do Morro da Polenta. Lá de cima, descortina-se visões panorâmicas, em 360 graus. São cerca de 900 metros de altitude. Lá embaixo, a perde de vista, o Vale de Gramado e o Vale de Nova Petrópolis

 

Tour O Quatrilho: Morro da Polenta versus café colonial

 

A vontade é ficar horas e horas lá em cima, inebriando-se com aquela obra-prima criada pela natureza e pelo homem. Mas impõe-se um último compromisso. E, dele, ninguém pretende ficar de fora: o café colonial no estilo alemão, preparado pela Família Ramm.

Na varanda da residência, surpresa: aquele “mecânico”, embarcado na Praça das Etnias, para atuar em caso de panes na Princesinha, revela-se um sanfoneiro. Ele, e mais o casal Isolde Ramm e Ingo Ramm, convida os chegados a tomar como sua aquela linda casa.

Ao centro da sala de visitas, decorada com móveis de época e paredes adornadas por fotos antigas da família, a mesa está ocupada por travessas cheias de quitutes: biscoitos, bolos, doces, salames, frutas, geleias, linguiças, manteigas, pães, queijos, sucos, tortas…

 

Tour O Quatrilho exibe novo ângulo da secular história da Cidade de Gramado

Tour o Quatrilho — O casal Isolde Ramm e Ingo Ramm recebe os convidados em sua própria casa, com uma mesa está ocupada por travessas cheias de quitutes: biscoitos, bolos, doces, salames, frutas, geleias, linguiças, manteigas, pães, queijos, sucos, tortas..

 

Tour O Quatrilho: “mecânico” mostra-se tocador de sanfona

 

Todos são incentivados a se fartar com as delícias. Ao mesmo tempo, o sanfoneiro não dá descanso ao instrumento, manuseado por braços, dedos e mãos ágeis. São canções conhecidas e outras do riquíssimo folclore musical do Estado do Rio Grande do Sul.

Depois de algum tempo, passa a produzir repentes homenageando cidades e Estados de origem de cada um dos presentes. E aceita ser desafiado, para produzir rimas com os nomes e as profissões de cada um. Comigo, não teve trabalho: João Batista e jornalista.

Despedindo-se da senhora Isolde e do senhor Ingo, volta-se à Princesinha. É chegada a hora de retornar à Praça das Etnias. A tristeza do fim do passeio vai sendo compensada por animação da sanfona e canções daquele “mecânico” revelando-se excelente músico.

Uma salva de palmas coloca ponto final naquela gostosa jornada… Ponto final coisa alguma! A opinião é unânime: retornando à Cidade de Gramado vão repetir a dose. E também indicar o Tour O Quatrilho aos seus conhecidos viajando para a Serra Gaúcha.

 

Tour O Quatrilho exibe novo ângulo da secular história da Cidade de Gramado

Tour O Quatrilho — Uma salva de palmas coloca ponto final naquela gostosa jornada… Ponto final coisa alguma! A opinião é unânime: retornando à Cidade de Gramado vão repetir a dose. E indicar o Tour O Quatrilho aos conhecidos visitando a Serra Gaúcha

 

Tour O Quatrilho: mais algumas imagens deliciosas

 

Tour O Quatrilho exibe novo ângulo da secular história da Cidade de Gramado

 

Tour O Quatrilho exibe novo ângulo da secular história da Cidade de Gramado

 

Tour O Quatrilho exibe novo ângulo da secular história da Cidade de Gramado

 

Tour O Quatrilho exibe novo ângulo da secular história da Cidade de Gramado

 

Tour O Quatrilho exibe novo ângulo da secular história da Cidade de Gramado

 

Tour O Quatrilho exibe novo ângulo da secular história da Cidade de Gramado

 


 

Material produzido a partir da participação na edição deste ano da Feira Internacional de Turismo de Gramado — Festuris 2017, desenvolvida em duas etapas: dias 4 e 5 de novembro na Cidade de Porto Alegre, capital do Estado do Rio Grande do Sul, com apoio da Rede Ficare de Hotéis e da Noratur Trade Turismo e Negócios; e, de 6 a 12 de novembro, na Cidade de Gramado, situada na Serra Gaúcha, ao Norte do Estado do Rio Grande do Sul, com apoio da Brocker Turismo e Pousada Vovó Carolina.

Clique nos trechos em colorido ao longo do texto para abrir novas guias, com informações complementares ao aqui sendo tratado. Eles guardam links levando a verbetes da Wikipedia e sites de empresas, entidades, Governos estaduais, Prefeituras etc.

A repetição da expressão “Tour O Quatrilho”, e outras mais, é intencional. Elas são as principais palavras-chave dos conteúdos. Colocá-las várias vezes na postagem faz parte das técnicas de Search Engine Optimization — SEO, ou otimização para ferramentas de busca. Ajuda a destacar o trabalho na lista apresentada quando se pesquisa com BingGoogle ou Yahoo!.

Não se trata de trabalho científico, podendo apresentar erros. Se eles forem apontados, reeditarei o material com as correções. Todas as fotos têm origem identificada. Se o autor de algumas delas discordar do seu uso, basta avisar que será substituída.

Matéria republicada no seguinte veículo:

• Jornal Passaporte, sediado na Cidade de Belém, capital do Estado do Pará.