Lenda diz que ali já foi o Mar de Xaraiés. Pesquisas geológicas não mostram vestígios de fundo do oceano. Choque entre massas de terra eleva solo a Oeste do Brasil. Sedimentos deixados pelas águas ao longo dos milênios forma camada com 500 metros de espessura.

 

Origem do Pantanal vem da separação dos continentes e nunca foi fundo de oceano

 

O Complexo do Pantanal, ou simplesmente Pantanal, é um bioma constituído em sua maior parte por uma savana alagada durante pelo menos metade do ano. Com 250 mil quilômetros quadrados de área, e altitude média de 200 metros acima do nível do mar, situa-se ao Sul do Estado de Mato Grosso e no Noroeste do Estado de Mato Grosso do Sul, ambos no Brasil. E engloba, também, o Norte do Paraguai e o Leste da Bolívia, o chamado Chaco Boliviano.

 

Origem do Pantanal vem da separação dos continentes e nunca foi fundo de oceano

Localização do Pantanal no meio da América do Sul; bioma tem sua maior parte no Brasil, mas estende-se também para a Bolívia e o Paraguai

 

Integrante do complexo da Bacia Hidrográfica do Rio Paraguai, o Pantanal e das maiores extensões alagadas contínuas do planeta, devido à baixa declividade da sua planície: 6 a 12 centímetros por quilômetro, no sentido Leste-Oeste; 1 a 2 centímetros por quilômetro, no Norte-Sul. As águas saindo das cabeceiras do Rio Paraguai chegam a gastar seis meses para cruzar toda a região e completar a drenagem no ponto chamado Fecho dos Morros do Sul.

 

Origem do Pantanal vem da separação dos continentes e nunca foi fundo de oceano

A origem do Pantanal tem a ver com a separação dos continentes, iniciada por volta de 500 milhões de anos atrás

 

No Brasil, é dividido em dois: Pantanal Norte ou Pantanal Amazônico, a parte situada no Estado do Mato Grosso e na Amazônia Legal; e Pantanal Sul ou Pantanal Maior, a parte situada no Estado do Mato Grosso do Sul e por ter a maior extensão. Todo o seu conjunto é considerado Patrimônio Natural Mundial e Reserva Mundial da Biosfera, títulos conferidos pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura — Unesco.

 

Origem do Pantanal vem da separação dos continentes e nunca foi fundo de oceano

O Pantanal é um dos pontos centrais da Bacia Hidrográfica do Rio Paraguai

 

Lenda perpetuada pelo os moradores da região — “Tudo isso aqui já foi o mar de Xaraiés.” — faz muitos acreditarem que a área do Pantanal tenha sido fundo de oceano, a milhões de anos. Lago dos Xaraiés, Lago dos Xaraés, Lagoa dos Xaraiés ou Laguna de los Jarayes, em castelhano, seria um grande lago junto às nascentes do Rio Paraguai. Assim ele foi descrito e retratado por cartógrafos e cronistas espanhóis, no início do século XVII, os anos 1600.

 

Origem do Pantanal vem da separação dos continentes e nunca foi fundo de oceano

A mítica Lagoa dos Xaraiés foi incluída em antigos mapas da América do Sul. Uma forte cheia na região deve ter confundido os primeiros europeus a pisar naqueles territórios

 

Na verdade, isso foi resultado de interpretação errônea das observações do Pantanal na sua época das cheias por parte dos exploradores. O termo xaraiés significa “donos do rio” e foi aplicado como denominação de uma tribo indígena na região da cidade de Cáceres, hoje um dos Municípios formadores do Estado do Mato Grosso. Outro equívoco contribuindo para propagar a lenda fora das fronteiras do Pantanal surgiu em dois livros de Monteiro Lobato.

 

Origem do Pantanal vem da separação dos continentes e nunca foi fundo de oceano

O escritor Monteiro Lobato, na ânsia de provar a existência de petróleo na região do Pantanal, acabou dando visibilidade às lendas da existência do antigo Mar de Xaraiés

 

Influenciado por teorias de formação do continente sul-americano elaboradas pelo geólogo norte-americano, naturalizado brasileiro, Orville Adalbert Derby, convenceu-se de haver imensas reservas de petróleo no Pantanal. E popularizou essa ideia em duas obras: “O escândalo do petróleo”, de 1936, e “O poço do Visconde”, de 1937. Nelas, cita o antigo “Mar de Xaraés”, denominação que nunca constou nas literaturas geológica ou histórica.

 

Origem do Pantanal vem da separação dos continentes e nunca foi fundo de oceano

A linha azul ao centro da imagem mostra a zona de choque entre as placas; as pressões vindas de Leste para Oeste não são suficientes para vencer aquelas em sentido oposto, e o terreno é empurrado para cima, criando a Cordilheira dos Andes

 

Lobato grafou: O que foi Mato Grosso em eras remotíssimas? (…)fundo de mar. Isso há milhares de séculos (…) Mato Grosso constitui uma parte do fundo do Mar de Xaraés (…) Lagoas, lagos e pântanos de água salgada (…) representam a ossada dispersa do velho Mar de Xaraés. Nesse mar mediterrâneo, encurralado pelo levantamento dos Andes e pelas barreiras montanhosas (…) do Brasil atual, formou-se tremendo depósito de petróleo.

 

Origem do Pantanal vem da separação dos continentes e nunca foi fundo de oceano

Imagem formada a partir de fotos tiradas por satélites, exibindo a majestosidade da Cordilheira dos Andes na parte Sul da América do Sul; acima, à direita, a região do Pantanal e o território do Brasil

 

Investigações geológicas na área do Pantanal, realizadas pelo antigo Conselho Nacional do Petróleo e pela Petrobras, na década de 1960, e por diversas outras instituições nos últimos anos, demonstraram não haver petróleo ou evidências marinhas na região. Na verdade, o Pantanal é resultado do processo de separação dos continentes, iniciado há 500 milhões de anos. A parte onde está o Brasil soltou-se da África, movimentando-se de Leste para Oeste.

 

Origem do Pantanal vem da separação dos continentes e nunca foi fundo de oceano

O ciclo de vida estabelecido na região do Pantanal é totalmente dependente dos processos de degelo que acontecem todos os anos na parte Leste da Cordilheira dos Andes

 

Em determinado momento, encontrou-se com outra, vindo em direção contrária. No choque entre as duas, a primeira está sendo empurrada para cima, expressando-se visualmente na formação da Cordilheira dos Andes. A outra, para baixo, na direção do centro da Terra. No embate entre estas forças descomunais, a superfície situada a Oeste do território brasileiro sofre uma compressão, com elevação da sua altitude média em relação ao nível dos mares.

 

Origem do Pantanal vem da separação dos continentes e nunca foi fundo de oceano

Durante os períodos de cheia, praticamente toda a região do Pantanal fica submersa, ampliando mais ainda o isolamento dos que vivem em fazendas naquele amplo território

 

Origem do Pantanal vem da separação dos continentes e nunca foi fundo de oceano

Transporte por balsa, única forma de veículos de carga ou de passeio cruzarem certas regiões do Pantanal durante os períodos de cheia

 


 

Matéria desenvolvida a partir dos seguintes investimentos do Governo do Estado do Mato Grosso:

• Participação no fampress de jornalistas brasileiros e estrangeiros, dias 16 a 19 de abril de 2016, pelos seguintes destinos do Estado do Mato Grosso: Município de Cáceres, Município de Chapada dos Guimarães, Município de Campo Novo dos Parecis, Município de Cuiabá,Município de Jaciara e Município de Nobres; e,

• Acompanhamento da Feira Internacional de Turismo do Pantanal — FIT Pantanal 2016, dias 20 a 24 de abril, no Centro de Eventos do Pantanal, na cidade de Cuiabá, capital do Estado.