Circuito era feito por van, mas ganhou up grade em equipamento. Passeio dura duas horas e meia, com apenas três paradas para visitação e fotos. Turistas conhecem um pouco da história da cidade e muitas curiosidades a respeito de sua fundação.

 

A Loumar Turismo, empresa de receptivo operando na região da Tríplice Fronteira, área que une Argentina, Brasil e Paraguai, aproveitou a edição 2015 do Festival de Turismo das Cataratas para apresentar o novo ônibus que agora fará o tour pela cidade de Foz do Iguaçu. O veículo é dividido em três ambientes: frente baixa, teto e janelas panorâmicas, com vidros; traseira com piso elevado, as laterais devassadas e com metade sem teto.

 

Serviço ganha up grade

 

Este serviço, já oferecido em van, recebeu up grade de capacidade e conforto, tornando-se similar a produtos encontrados em diversas cidades, no Brasil e no exterior. Além de contar com um guia de turismo poliglota para atendimento pessoal aos passageiros, a descrição dos pontos turísticos do Município será por sistema de som, monitorado por GPS, conteúdo em seis idiomas, acessado através de pontos individuais para head sets.

Durante o percurso, o turista se surpreende ao passar por alguns pontos fundamentais da história de Foz do Iguaçu. Por exemplo: ela surgiu no entorno de um forte militar, até hoje ocupando a parte central da cidade; quando da sua fundação, o local era habitado por apenas 324 pessoas: 11 brasileiros e o restante formado por argentinos, paraguaios e outras nacionalidades; e que acabou sendo erguida em um local diferente do planejado.

Outra importante descoberta é que o pai da aviação, Santos Dumont, foi fundamental para o incremento do turismo local, o que a tornou uma área cosmopolita, no interior do Estado do Paraná. Apesar deste destaque, como Foz do Iguaçu não tem museu, a equipe da Loumar Turismo fez o levantamento de uma história iniciada logo após a Guerra do Paraguai com a ajuda de pioneiros e consultando os arquivos da Biblioteca Municipal.

 

Passeio de duas horas e meia

 

O city tour dura duas horas e meia e, entre seu início e final, que acontecem em frente à sede da Loumar Turismo, localizada na Rua Patrulheiro Venante Otremba, no Centro da cidade, são feitas apenas três paradas. Nelas, é permitido saltar e há tempo para fazer visita aos locais e tirar fotos: Mesquita, Mosteiro Budista e Marco das Três Fronteiras. Os demais são apreciados a partir dos bancos, todos equipados com cinto de segurança.

 

Alguns dos pontos visitados durante o city tour da cidade de Foz do Iguaçu

 

  • Área do antigo Aeroporto
  • Avenida Brasil
  • Avenida das Cataratas, ou Rota Turística
  • Avenida Jorge Schimmelpfeng —a Rua do McDonalds
  • Batalhão de Infantaria Motorizado
  • Capitania Fluvial
  • Catedral de São João Batista
  • Centro da cidade
  • Colégio Estadual Bartolomeu Mitre
  • Edifício de Administração e Torre de Controle do antigo Aeroporto
  • Marco das Três Fronteiras
  • Mesquita
  • Templo Budista

 

Ficha técnica do city tour pelos atrativos do Município de Foz do Iguaçu

 

Todos os dias, com saídas a partir das 9:30 horas da manhã

Duração aproximada de 2:30 horas

Reservas: DDD 45 — Telefone 3521-4000

www.loumarturismo.com.br

 

Imagens do city tour oferecido pela Loumar Turismo aos turistas que visitam a cidade de Foz do Iguaçu

 

O passeio já era oferecido pela Loumar Turismo usando uma van equipada justamente para este tipo de prestação de serviço aos turistas que visitam a cidade Foz do Iguaçu

O passeio era oferecido pela Loumar Turismo usando  van equipada justamente para esta prestação de serviço aos turistas que visitam a cidade Foz do Iguaçu

 

O novo ônibus que deu um up grade de conforto e qualidade ao city tour pelos atrativos de Foz do Iguaçu, tendo à porta, da esquerda para a direita, os guias André Luiz da Silva, Aílton Nonemacher e André Monteiro

O novo ônibus que deu um up grade de conforto e qualidade ao city tour pelos atrativos de Foz do Iguaçu, tendo à porta, da esquerda para a direita, os guias André Luiz da Silva, Aílton Nonemacher e André Monteiro

 

O veículo é dividido em dois ambientes: frente com teto e janelas panorâmicas, com vidros; traseira com piso elevado, as laterais devassadas e com metade sem teto

O veículo é dividido em dois ambientes: frente com teto e janelas panorâmicas, com vidros; traseira com piso elevado, as laterais devassadas e com metade sem teto. Em ambos, permite uma visualização completa dos pontos visitados

 

O guia André ... controlando a saída dos passageiros em uma das três paradas que acontecem durante o passeio: Mesquita, Marco das Três Fronteiras e Templo Budista

O guia André Luiz da Silva controlando a saída dos passageiros em uma das três paradas que acontecem durante o passeio: Mesquita, Marco das Três Fronteiras e Templo Budista. Notar que a carroceria do ônibus está decorada com imagens dos principais pontos turísticos visitados

 

Os passageiros podem conhecer a Mesquita por fora e por dentro, sendo que as mulheres só entram no templo usando o chador, disponível para todas ao lado da grande porte de acesso ao interior

Os passageiros podem conhecer a Mesquita por fora e por dentro, sendo que as mulheres só entram no templo usando o chador, disponível para todas ao lado da grande porte de acesso ao interior

 

No Templo Budista, há uma quantidade enorme de itens para serem vistos e apreciados, distribuídos por um amplo espaço no qual predomina o verde

No Templo Budista, há uma quantidade enorme de itens para serem vistos e apreciados, distribuídos por um amplo espaço no qual predomina o verde

 


 

Matéria produzida a partir da participação na edição 2015 do Festival de Turismo das Cataratas, realizado de 17 a 19 de junho, na cidade de Foz do Iguaçu, localizada no extremo Oeste do Estado do Paraná, na região da Tríplice Fronteira, sendo vizinha à Argentina e ao Paraguai.