Estudos são da mesma empresa que trabalhou na ampliação e reforma da Marina da Glória, na cidade do Rio de Janeiro, capital do Estado do Rio de Janeiro. Local escolhido para instalação tem configuração boa para receber a instalação, sem impactar muito no ambiente.

 

Cidade de Vitória, bela capital do Estado do Espírito Santo, pode ter sua Marina Pública

A Marina Pública da Cidade de Vitória ficará ao Norte do Município, mas no extremo Sul da Praia de Camburi

Marina Pública de Vitória: empreendimento privado

 

Se tudo correr bem, dentro em breve, a cidade de Vitória, capital do Estado do Espírito Santo, vai, enfim, ganhar sua tão sonhada Marina Pública. E o que é melhor: com toda a construção bancada por recursos da iniciativa privada. A Prefeitura enviou Projeto de Lei com este objetivo para a Câmara de Vereadores. Este sendo aprovado, será lançado edital de concorrência pública para atrair interessados na implantação daquela estrutura.

Uma marina pode ser definida como um pequeno centro portuário destinado a abrigar barcos utilizados em recreação: catamarãs, iates, jet skis, lanchas e similares. Em geral, permite duas modalidades de guarda: molhada, com ancoragem sobre a água, ao longo de piers; e, seca, em hangares cobertos. Há ainda a oferta e prestação de outros tipos de serviços, como limpeza de cascos, manutenção mecânica, venda de combustível etc.

 

Marina Pública de Vitória: vereadores analisam Lei

 

Cidade de Vitória, bela capital do Estado do Espírito Santo, pode ter sua Marina Pública

A Marina Pública da Cidade de Vitória ficará junto ao Pier de Iemanjá, em local bastante abrigado, ideal para o estacionamento de barcos, catamarãs, iates, jet skis e similares

 

Na documentação encaminhada pelo Executivo municipal da cidade de Vitória para a apreciação pelos vereadores, foram anexadas imagens de um estudo feito pela empresa Marinas Nacionais. Sediada na cidade de Guarujá, no litoral do Estado de São Paulo, tem quase 30 anos de experiência no setor. Surgiu em 1979, construindo a primeira marina particular do Brasil. Antes, apenas os iates clubes ofereciam estas facilidades.

Projeto recente do qual a Marinas Nacionais participou foi o da ampliação e reforma da Marina da Glória, na cidade do Rio de Janeiro, capital do Estado do Rio de Janeiro. Ela foi toda reestruturada, inclusive para atender às provas de iatismo dos Jogos Olímpicos deste ano, a serem disputadas nas águas da Baía da Guanabara. O estudo desenvolvido para a cidade de Vitória traz inovações em termos de paisagismo e sustentabilidade.

 

Marina Pública de Vitória: integração à paisagem

 

Cidade de Vitória, bela capital do Estado do Espírito Santo, pode ter sua Marina Pública

A fachada da Marina Pública da Cidade de Vitória em vista a partir da Avenida Dante Micheline, na cabeceira da Ponte da Passagem

 

A Marina Pública da cidade de Vitória, a ser implantada na região Norte do Município, ficará no extremo Sul da Praia de Camburi. O espaço a ser ocupado fica na foz do Canal da Passagem, protegida pelo Píer de Iemanjá. Sua estrutura foi pensada para impactar o mínimo possível na paisagem, integrando-se de forma equilibrada aos equipamentos de uso público disponíveis ao longo da orla: calçadão, ciclovia, áreas de contemplação etc.

Distribuída em dois níveis, não impactará de forma sensível no visual atual. Terá parte recreativa e social: lobby, atendimento, bar, lanchonete e restaurante; setor de apoio: espaços de administração, área técnica e infraestrutura de serviços: cozinhas, sanitários, vestiários e depósitos; hangares, com 160 vagas secas; e piers, 100 vagas molhadas. Veículos estacionarão nas baias disponíveis ao longo da Avenida Dante Micheline.

 

Marina Pública de Vitória: alta sustentabilidade

 

Cidade de Vitória, bela capital do Estado do Espírito Santo, pode ter sua Marina Pública

Estrutura da Marina Pública da Cidade de Vitória vista a partir da passarela sobre o Pier de Iemanjá

 

Em termos de sustentabilidade, as edificações serão providas com coberturas do tipo green roof, referência em telhados ecológicos. Sobre as telhas, será feito o plantio de boldo, vegetação resistente às condições climáticas de sua localização em frente ao mar e que demanda manutenção mínima. Haverá, também, a coleta das águas das chuvas para serem utilizadas na lavagem dos cascos das embarcações e outras utilizações.

Os hangares terão suas fachadas com maior presença urbana, ou com maior visibilidade para o mar, cobertas por painéis de tela de nylon, na cor verde, deixando transparecer apenas uma forma diáfana dos barcos, como enorme cortinado rendado. Isso, através da aplicação do nome ou da logomarca da Marina. Dependendo da forma como a licitação se desenvolver, poderá ter uma identificação como das modernas arenas esportivas.

 

Marina Pública de Vitória: cerca de 500 empregos

 

Cidade de Vitória, bela capital do Estado do Espírito Santo, pode ter sua Marina Pública

Vista dos cais de atracação das Marina Pública da Cidade de Vitória, também a partir da passarela do Pier de Iemanjá

 

O secretário de Turismo da Prefeitura de Vitória, Leonardo Krohling, explica que, com a aprovação do projeto, o próximo passo será a aprovação da solicitação da área junto à Secretaria de Patrimônio da União. Conseguida esta liberação, será feita a publicação do edital de chamamento público e de concessão. A empresa que apresentar as melhores condições de exploração será declarada vencedora, podendo tocar as obras necessárias.

— Quando estiver em operação, a Mariana Vitória vai gerar 50 empregos diretos e mais de 440 indiretos, com funcionários, marinheiros e prestadores de serviço — apontou o secretário Leonardo. E acrescentou: “Além disso, incluirá Vitória nos roteiros nacionais e internacionais de navegação. A cidade de Vitória está localizada em ponto estratégico para receber embarcações realizando viagens de longa distância e ao redor do mundo.”

 

Marina Pública de Vitória: requalificação urbanística

 

Segundo afirma o secretário, a Marina terá altas qualidades arquitetônica, funcional operacional. E complementará as várias melhorias já implementadas ao longo da Praia de Camburi, criando, assim, mais um polo de atração para moradores e para o turismo na capital. Afinal, o objetivo de levar adiante esse projeto é atrair público sem acesso a este tipo de equipamento, voltado às modalidades náuticas de esporte, lazer e turismo.

— A implantação da Marina de Vitória vai representar um marco para o turismo náutico na cidade, ampliando as opções de esporte e lazer da população. E contribuir para a uma requalificação urbanística do entorno do Canal da Passagem, passando a oferecer acesso marítimo à região do Triângulo das Bermudas — destaca Leonardo Krohling. Taí outra proposta antiga das administrações anteriores da cidade cuja maior parte está numa ilha.

Explicação necessária: o Triângulo das Bermudas aqui citado é a região Norte do bairro da Praia do Canto da cidade de Vitória. Estendendo-se ao longo da parte final do Canal da Passagem, concentra bares e restaurantes. O apelido vem da desculpa de um boêmio para a esposa, depois de desaparecer por mais de um dia, sem dar notícias. Alegou ter sido raptado por disco voador logo após deixar uma das mais famosas casas ali situadas.

 

Marina Pública de Vitória: outros detalhes do projeto

 

Cidade de Vitória, bela capital do Estado do Espírito Santo, pode ter sua Marina Pública

Estrutura da Maria Pública da Cidade de Vitória vista do alto, a partir das pistas da Avenida Dante Micheline, junto á cabeceira da Ponte da Passagem

 

Cidade de Vitória, bela capital do Estado do Espírito Santo, pode ter sua Marina Pública

Vista do alto da estrutura da Marina Pública da Cidade de Vitória, a partir do Pier da Iemanjá, com as pistas da Avenida Dante Micheline e da Ponte da Passagem ao fundo

 

Cidade de Vitória, bela capital do Estado do Espírito Santo, pode ter sua Marina Pública

Vista geral da estrutura da Marina Pública da Cidade de Vitória, a partir do final do Pier de Iemanjá, com os cais de atracação em primeiro plano e a estrutura, a Avenida Dante Micheline e a Ponte da Passagem ao fundo

 

Cidade de Vitória, bela capital do Estado do Espírito Santo, pode ter sua Marina Pública

Vista do alto de toda a estrutura da Marina Pública da Cidade de Vitória, a partir da Avenida Dante Micheline, mostrando a proteção que o Pier de Iemanjá dará a todo o complexo

 


 

As imagens deste estudo inicial para o projeto da Marina Pública da Cidade de Vitória foram cedidas pela empresa Marinas Nacionais.