A Cidade de Curitiba é pioneira em soluções de mobilidade urbana desde quando estes termos não existiam. Polo de gastronomia, seus principais sabores típicos são o Barreado, o Pinhão e a Carne de Onça. Município coleciona índices de qualidade de fazer inveja a regiões de Primeiro Mundo.

 

Cidade de Curitiba: qualidade de vida de Primeiro Mundo

 

No final da segunda década século XX, anos 1900, pode até não parecer, mas a Cidade de Curitiba recebeu um excelente presente do então presidente do Estado do Paraná, Affonso Alves de Camargo. Ele estabeleceu oficialmente, e em definitivo, a ortografia do nome da cidade. Por meio de um Decreto-Lei, datado de 1919, foi adotada a grafia “Curitiba”, pois, até aquela época, grafava-se de duas formas: Curityba ou Corityba.

Assim, a Cidade de Curitiba, sede de um dos 5.570 Municípios brasileiros, capital do Estado do Paraná, começava a dar seus primeiros passos para se destacar com Índices de Desenvolvimento de fazerem inveja àqueles apresentados por várias áreas urbanas semelhantes em países do Primeiro Mundo: qualidade de vida, atendimento em saúde, performance em educação, facilidade para se fazer negócios, polo de tecnologia…

Localizada a 934 metros de altitude, no chamado Primeiro Planalto Paranaense, fica a aproximadamente 110 quilômetros do Oceano Atlântico e distante 1.400 quilômetros ao Sul de Brasília, a Capital Federal do Brasil. Com cerca de 1,9 milhões de habitantes, é o Município mais populoso do Estado do Paraná e da Região Sul, além do oitavo do País, conforme os dados recentes da Fundação Brasileira de Geografia e Estatística — IBGE.

 

Cidade de Curitiba: referência em soluções urbanas inovadoras e práticas sustentáveis

Vista do Centro da Cidade de Curitiba, exibindo Índices de Desenvolvimento de fazer inveja a regiões urbanas do Primeiro Mundo. Com cerca de 1,9 milhões de habitantes, é o Município mais populoso do Estado do Paraná e da Região Sul, e oitavo do País.

 

Cidade de Curitiba: desde anos 1700 conhecida por suas ruas largas

 

Desde o século XVIII, anos 1700, é conhecida pelas suas ruas largas e boa distribuição dos imóveis urbanos. Isso foi preservado mesmo com o crescimento fortalecido pela chegada de grande quantidade de imigrantes europeus ao longo do final do século XIX, anos 1800, e início do século XX, anos 1900. Planos e legislações de sucesso na gestão da ocupação ordenada do solo tornaram a Cidade de Curitiba conhecida mundo afora.

Formada sobre um altiplano, carente de marcos de paisagem oferecidos pela natureza, a Cidade de Curitiba acabou criando suas principais referências turísticas pela ação da mão humana. E aproveitando as vantagens oferecidas por uma soma de indicadores não encontrados em outros pontos da Nação, a indústria vem se agregando com força ao um perfil econômico antes embasado nas atividades comerciais e do setor de serviços.

Embora ao longo dos anos, com o crescimento da Cidade de Curitiba a maior parte das Araucárias, o Pinheiro do Paraná, tenham sido derrubadas, hoje esta espécie é protegida por lei ambiental, proibindo seu corte. Outra árvore parte do cenário curitibano é o Ipê ؅— tanto amarelo quanto roxo —, presente em praças e ruas. Há, também, programas de plantio de outros tipos de plantas nativas da região, como Dedaleiro e Pinheiro-Bravo.

 

Cidade de Curitiba: referência em soluções urbanas inovadoras e práticas sustentáveis

Carente de marcos de paisagem oferecidos pela natureza, a Cidade de Curitiba acabou criando suas principais referências turísticas pela ação da mão humana. E uma das mais belas é a Opera de Arame, parte da recuperação ambiental de uma pedreira abandonada

 

Cidade de Curitiba: maior riqueza está expressa na população

 

A grande riqueza econômica da Cidade de Curitiba se deve à população de mais de três milhões de habitantes, se for considerada sua região metropolitana. Ela se destaca por ter a economia mais forte do Sul do brasileiro, contando o trabalho de exportação das 900 fábricas instaladas no bairro Cidade Industrial e das duas grandes indústrias automobilísticas estão localizadas na Região Metropolitana: Renault e Volkswagen.

Como toda grande metrópole brasileira, a Cidade de Curitiba sofreu, especialmente nos anos 1970, uma urbanização acelerada, em grande parte provocada pelas migrações do campo, oriundas da substituição da mão de obra agrícola pelas máquinas. Mas, sempre repensando esta expansão, conseguiu avanços agora copiados aqui dentro e lá fora. Um dos maiores destaques veio na mobilidade urbana, não de agora, mas de 50 anos atrás.

O trânsito de automóveis da Cidade de Curitiba é estruturado de forma integrada com o transporte de massa de passageiros através de ônibus. Eles rodam em faixas exclusivas para veículos expressos. Estas são ladeadas por pistas simples para carros particulares. O sistema é baseado em um conceito criado na capital paranaense, na década de 1970, identificado por Veículo Leve sobre Pneus — VLP, copiado Brasil afora e no exterior.

 

Cidade de Curitiba: referência em soluções urbanas inovadoras e práticas sustentáveis

O trânsito de automóveis da Cidade de Curitiba é estruturado de forma integrada com o transporte de massa de passageiros através de ônibus. Eles rodam em faixas exclusivas para veículos expressos. Estas são ladeadas por pistas simples para carros particulares

 

Cidade de Curitiba: mobilidade urbana copiada no mundo todo

 

O Sistema Integrado de Transporte de Passageiros de Curitiba e Região Metropolitana permite a união física e tarifária em 14 Municípios. A estrutura define a Rede Integrada de Transporte — RIT, alcançando 81 quilômetros de corredores exclusivos para ônibus, em sua maioria operados por carros biarticulados. Eles conectam terminais integrados em várias regiões, com capacidade para ir adaptando-se à demanda ao longo do tempo.

Os terminais são alimentados por passageiros dos bairros próximos, via ramificação secundária. Outra categoria de expressos — os chamados Ligeirinhos — provê rápido intercâmbio de passageiros entre um terminal e outro, com trajetos diferentes e poucas paradas intermediárias. A primeira linha de VLP começou a operar em 1974 e o sistema foi projetado para não apenas transportar pessoas, mas conduzir o crescimento urbano.

O adensamento imobiliário foi direcionado às proximidades dos corredores, criando linhas de prédios ao longo de toda a extensão urbana. Este sistema de transporte público inspirou cidades, no Brasil e em outros países, a adotarem estratégias semelhantes. O novo sistema identificado pela sigla BRT — Bus Rapid Transport, em inglês — nada mais é que adaptação da solução existente na Cidade de Curitiba há de 50 anos.

 

Cidade de Curitiba: referência em soluções urbanas inovadoras e práticas sustentáveis

O adensamento imobiliário foi direcionado às proximidades dos corredores, criando linhas de prédios ao longo de toda a extensão urbana. Este sistema de transporte público inspirou cidades, no Brasil e em outros países, a adotarem estratégias semelhantes

 

Cidade de Curitiba: reconhecida como centro gastronômico

 

Referência em cidade sustentável e de excelente nível de desenvolvimento humano, a Cidade de Curitiba é também importante centro gastronômico. E apresenta um cardápio de surpresas para seus visitantes. Os pratos da culinária local são reflexo da história do Município, com sabores típicos muito deliciosos. Os três considerados principais são o Barreado, o Pinhão e a Carne de Onça — este último não tem nada a ver com o felino.

O Barreado, um dos pratos de maior fama do Estado do Paraná, presente no cardápio da maioria dos restaurantes curitibanos. Muitos simples em composição e execução, seus ingredientes são carne bovina, toucinho e temperos típicos da culinária local. Eles são colocados todos juntos em uma panela de barro, cuja tampa é lacrada. O cozimento em fogo brando resultada como uma sopa, saboreada com o acompanhamento de farofa.

O Pinhão é a semente da Araucária, o Pinheiro do Paraná. Poder ser comido assado em chapa ou cozido em panela de pressão, e também na forma de bolinhos. É utilizado para enriquecer receitas de frango com polenta, por exemplo. Já a Carne de Onça não tem qualquer aproximação com o felino. Compõe-se de pão preto coberto por patinho cru moído por três vezes, temperado com cebola, cebolinha, cheiro verde e azeite de oliva.

 

Cidade de Curitiba: referência em soluções urbanas inovadoras e práticas sustentáveis

O Barreado, um dos pratos de maior fama do Estado do Paraná, está presente no cardápio da maioria dos restaurantes curitibanos. Muitos simples em composição e execução, seus ingredientes são carne bovina, toucinho e temperos da culinária local

 

Cidade de Curitiba: coleção de indicadores de qualidade de vida

 

Dentre os índices de qualidade de vida em que a Cidade de Curitiba se destaca podem ser realçados aqueles relacionado com a educação, como menor taxa de analfabetismo e melhor qualidade do ensino básico dentre todas as capitais brasileiras. Mas há diversos outros, como infraestrutura, influência global, ambientalmente sustentável, criatividade em gestão, dinamismo econômico, polo de tecnologia, boa para negócios e por aí vai.

O acesso aéreo à Cidade de Curitiba se dá pelo Aeroporto Internacional Afonso Pena, localizado no contíguo Município de São José dos Pinhais. Este é o principal terminal aeroviário internacional da Região Sul do Brasil. Existe, ainda, o antigo Aeroporto de Bacacheri, localizado no bairro de mesmo nome. Mas este aeródromo não recebe voos comerciais, sendo utilizado apenas por aeronaves particulares e de transporte executivo.

 

Cidade de Curitiba: referência em soluções urbanas inovadoras e práticas sustentáveis

O acesso aéreo à Cidade de Curitiba se dá pelo Aeroporto Internacional Afonso Pena, localizado no Município de São José dos Pinhais. Este é o principal terminal aeroviário internacional da Região Sul do Brasil. Existe, ainda, o antigo Aeroporto de Bacacheri

 


 

Clique nos trechos em colorido ao longo do texto para abrir novas guias, com informações complementares ao aqui sendo tratado. Eles guardam links levando para verbetes da Wikipedia e sites de empresas, entidades, Governos estaduais, Prefeituras etc.

A repetição da expressão “Cidade de Curitiba” é intencional. Ela é a principal palavra-chave dos conteúdos. Colocá-la várias vezes na postagem faz parte das técnicas de Search Engine Optimization — SEO, ou otimização para ferramentas de busca. Ajuda a destacar o trabalho na lista apresentada quando se pesquisa com Bing, Google ou Yahoo!.

Produzido a partir de conhecimentos gerais do autor e pesquisas na Internet, principalmente Wikipedia e sites do Governo do Estado do Paraná, Município de Curitiba e entidades ligadas à história e ao turismo do território paranaense. Não é um trabalho científico, podendo apresentar erros. Se eles forem apontados, reeditarei o material com as correções.

Todas as fotos têm autoria identificada. Se algum autor não concordar com sua publicação é só avisar que será substituída.