Empresários debateram durante um ano a criação da entidade. Dos sete associados de 20 anos atrás, agora são 72, representando 11 segmentos. Em duas décadas, captou ou apoiou mais de mil eventos, trazendo para o Estado do Espírito Santo cerca de dois milhões de turistas de negócios.

 

Capixabas inovam e criam convention bureau representando todo o Estado

O Espírito Santo Convention & Visitors Bureau foi criado com a função de estimular e incrementar o fluxo turístico em todos os 78 Municípios do Estado, atraindo congressos, encontros, feiras, seminários e promoções similares, locais, nacionais ou internacionais

 

Espírito Santo Convention & Visitors Bureau: um ano de estudos

 

Em 1997, empresários começaram a se reunir com intenção de instalar um convention & visitors bureau em terras capixabas. Durante um ano, debateram e planejaram, em busca do ideal. Para auxiliar na empreitada, o então executivo do São Paulo Convention & Visitors Bureau, Eduardo Sanovicz, veio ao Estado do Espírito Belo e Santo e passou as informações necessárias para o pontapé inicial da fundação desta nova organização.

Ao mesmo tempo, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Espírito Santo — Sebrae-ES teve participação fundamental na estruturação, assim como o Governo Estadual e a Prefeitura da Cidade Presépio Vitória. E aí veio novidade, talvez de âmbito mundial. Em vez de limitado a uma cidade — a capital, por exemplo —, como os seus congêneres, no ano de 1998 surge o Espírito Santo Convention & Visitors Bureau.

Como o próprio nome demonstra, foi criado com a função de estimular e incrementar o fluxo turístico em todos os 78 Municípios do Estado do Espírito Santo. Órgão de apoio e dinamização junto ao mercado e setores ligados à importante indústria do turismo — atraindo congressos, encontros, seminários e promoções similares, locais, nacionais ou internacionais —, ganhou espaço, mostrou força, conquistou apoio, realizou trabalho.

 

Espírito Santo Convention & Visitors Bureau: 20 anos de sucesso

 

Capixabas inovam e criam convention bureau representando todo o Estado

Breve, o Estado do Espírito Santo vai contar com um aeroporto de primeiro nível e este, somado à infraestrutura existente e aos atrativos turísticos disponíveis, será um fator decisivo para realizadores de outras regiões trazerem seus eventos para terras capixabas

 

Em duas décadas de atuação, granjeou tanto respeitado quanto instituições de trajetórias centenárias. Sua atuação rendeu reconhecimento pelo setor. A par das captações, conduz encontros, seminários e projetos fortalecendo e profissionalizando o segmento. Além de desenvolver reuniões para debater e planejar ações, promove relacionamento entre seus mantenedores, criando o ambiente de entrosamento e ganhos para todos os envolvidos.

Envolvimento em projetos como produtos turísticos do Estado, regionalização dos investimentos, pesquisas de fluxo e participação em feiras, além de apoio a iniciativas dos mantenedores, foram fatores decisivos para alcançar a visibilidade exibida hoje em dia pela entidade. Com profissionalismo, tornou-se concorrente de entidades similares na busca por eventos até no exterior — mesmo sem contar com equipe especializada.

Chegado o momento do Estado do Espírito Belo e Santo contar com um aeroporto de primeiro nível, infraestrutura existente e atrativos turísticos disponíveis serão decisivos para a tomada de decisão por realizadores de outras regiões. Se, mesmo sob tantos fatores negativos, o Espírito Santo Convention & Visitors Bureau alcançou excelentes resultados, o futuro apresenta-se como oportunidade para se atingir metas ambiciosas.

 

Espírito Santo Convention & Visitors Bureau: 72 associados

 

Capixabas inovam e criam convention bureau representando todo o Estado

De apenas sete associados na sua fundação, o Espírito Santo Convention & Visitors Bureau reúne agora 72, com empresas e prestadores de serviços representando 11 segmentos de atividades relacionadas à realização de eventos com profissionalismo

 

Dos sete associados fundadores — Agência de Desenvolvimento em Rede do Estado do Espírito Santo — Aderes; Banco de Desenvolvimento do Estado do Espírito Santo — Bandes; Baneses Club; Companhia Espírito-santense de Saneamento — Cesan; Espírito Santo Centrais Elétricas — Escelsa; Grupo Buaiz; e, Grupo Itapemirim —, 20 anos após são 72, agregando empresas e prestadores de serviços de 11 segmentos de atividades.

Se, em 1998, os capixabas inovaram com a entidade de abrangência para todo o Espírito Santo, oito anos após, em 2006, voltam a ser criativos, criando o Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau, reunindo Municípios da bela região serrana do Estado. Este, com uma década de atuação, também já tem um significativo acervo de vitórias na atração de congressos, eventos, exposições, feiras, festas, seminários, workshops…

 


 

Clique nos trechos em colorido ao longo do texto para abrir novas guias, com informações complementares ao aqui sendo tratado. Eles guardam links levando para verbetes da Wikipedia e sites de empresas, entidades, Governos estaduais, Prefeituras etc.

A repetição da expressão “Espírito Santo Convention & Visitors Bureau” é intencional. Ela é a principal palavra-chave dos conteúdos. Colocá-la várias vezes na postagem faz parte das técnicas de Search Engine Optimization — SEO, ou otimização para ferramentas de busca. Ajuda a destacar o trabalho na lista apresentada quando se pesquisa com Bing, Google ou Yahoo!.

Nos meus textos de divulgação de turismo, adotei o critério de, ao citar uma cidade, fazê-lo em conjunto com seu apelido. Exemplo: Cidade Presépio de Vitória ou Cidade Canela Verde de Vila Velha. E, também, Estado do Espírito Belo e Santo.

Todas as fotos têm autoria identificada. Se algum autor não concordar com sua publicação é só avisar que será substituída.