Aplicativo Angels facilita o ato de fazer doações para instituições de assistência social

 

Ferramenta facilita doação de recursos financeiros a entidades de assistência social. Faz isso de forma prática, segura e barata, através de smartphones ou tablets. Solução vai contribuir para melhorar o ranking do Brasil em termos de solidariedade ao próximo, atualmente muito baixa.

 

Aplicativo Angels: País menos solidário da América do Sul

 

O Brasil é o País menos solidário da América do Sul, segundo resultado de pesquisa mundial sobre este tema. As razões explicando essa realidade são muitas. As principais são dificuldade de encontrar entidade séria e incerteza sobre destino dos valores doados.

Um aplicativo para utilização a partir de dispositivos móveis — smartphones e tablets —, recentemente lançado, promete sanar esses e outros problemas. Começa listando uma seleção de causas legalmente registradas, facilitando as escolhas pelos interessados.

E oferece a transferência de recursos de modo direto, através de boleto bancário ou por cartão de crédito, sem custos de logísticas ou interferências de intermediários. Ou seja: contribui para tornar o hábito de ajudar outros uma coisa fácil e extremamente segura.

Trata-se do Angels, ferramenta criada por dois jovens empreendedores do segmento de Tecnologia: Morgana Furlan, com experiência em Marketing, e Mateus Sgarbi, atuante naquele primeiro setor. Ambos aprimoram essa solução de modo totalmente voluntário.

Detalhe: Mateus Sgarbi integrou grupo de Learning Experience — uma experiência de aprendizado —, no Vale do Silício, área de ponta no mundo digital, próxima à Cidade de São Francisco, no Estado da Califórnia, costa Oeste dos Estados Unidos da América.

 

O aplicativo Angels é uma ferramenta criada por jovens empreendedores no segmento da Tecnologia: Morgana Furlan, com experiência em Marketing, e Mateus Sgarbi, já atuante naquele setor. Ambos aprimoram essa solução de modo totalmente voluntário

 

Aplicativo Angels: facilitando conexão doador e entidade

 

Os idealizadores do Angels facilitaram essa conexão doadores e entidades eliminando entraves como encontrar organizações idôneas, dispender muito tempo, enfrentar burocracia, arcar com despesas desnecessárias e ter certeza do destino dos recursos.

— Todo dia aparece aplicativo para tudo quanto é coisa. Já tinha passado da hora de se fazer um buscando inserir o ato de doar no cotidiano das pessoas. Em suma, esse é o objetivo principal do Angels — revela Mateus Sgarbi, otimista com o sucesso da ideia.

— Praticamente todo jovem usa dispositivo móvel. E os de mais idade estão indo na mesma direção. Todos são doadores em potencial. Agora, podem incorporar o hábito de ajudar, pois será de uma forma prática, segura e barata — acrescenta Morgana Furlan.

 

Os idealizadores do Angels facilitaram essa conexão doadores e entidades eliminando entraves como encontrar organizações idôneas, dispender muito tempo, enfrentar burocracia, arcar com despesas desnecessárias e ter certeza do destino dos recursos

 

Aplicativo Angels: cadastro de instituições idôneas

 

O aplicativo Angels nasceu a partir da experiência própria de Mateus Sgarbi, dividida com Morgana Furlan. Tanto ele quanto ela deparavam com expressivos impedimentos e imensas dificuldades ao tentar fazer contribuições para instituições de assistência social.

A solução disponibiliza um canal para as próprias entidades de natureza privada, sem fins lucrativos, se cadastrarem, informando, por exemplo, sua Denominação Social, o endereço completo e a inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas — CNPJ.

Além da data de fundação, é importante o detalhamento dos objetivos da instituição — área de atuação, atendimento prestado, público beneficiado etc. — e a forma para se repassar os recursos, informando as opções, se boleto bancário ou cartão de crédito.

Os valores são enviados diretamente para as contas informadas, reduzidos de R$ 1,00 — importância retida para manutenção e suporte da plataforma. Como a operação traz o CNPJ do destinatário, pode ser lançada na declaração do Imposto de Renda do doador.

— Batizamos como Angels pois toda pessoa, fazendo doação, é com um anjo ajudando os necessitados” —, explica Morgana Furlan. “O aplicativo pode ser baixado pelo site www.appangels.org e nas lojas virtuais do iOS ou Android” — finaliza Mateus Sgarbi.

 

Os valores enviados pelo Angels para as contas informadas são reduzidos de R$ 1,00 — importância retida para manutenção e suporte da plataforma. Como a operação traz o CNPJ do destinatário, pode ser lançada na declaração do Imposto de Renda do doador

 


 

O post “Aplicativo Angels facilita ato de doações para instituições de assistência social” foi produzido por João Zuccaratto, jornalista especializado em Turismo baseado na Cidade de Vitória, a capital do Estado do Espírito Santo, em função da sua participação na Gramado Summit, entre os dias 31 de julho a 2 de agosto de 2019, na Cidade de Gramado, ícone do turismo na Serra Gaúcha, região de montanhas localizado a Nordeste do Estado do Rio Grande do Sul, com apoio da Brocker Turismo e Rede Laghetto de Hotéis.

Todas as fotos e imagens presentes no post “Aplicativo Angels facilita ato de doações para instituições de assistência social” têm origem identificada. Se o autor de algumas delas discordar do seu uso, basta avisar que será substituída.

O post “Aplicativo Angels facilita ato de doações para instituições de assistência social” pode apresentar erros. Se  forem apontados, reeditarei o material com as correções.

A repetição de diversas expressões ao longo do conteúdo do post “Aplicativo Angels facilita ato de doações para instituições de assistência social” — como “Aplicativo Angels” —, é intencional. Elas são as principais palavras-chave dos conteúdos. Colocá-las várias vezes na postagem faz parte das técnicas de Search Engine Optimization — SEO, ou otimização para ferramentas de busca. Ajuda a destacar o trabalho na lista apresentada quando se pesquisa com BingGoogle ou Yahoo!.

Clique nos trechos em colorido ao longo do texto do post “Aplicativo Angels facilita ato de doações para instituições de assistência social” para abrir novas guias, com informações complementares ao aqui sendo tratado. Eles guardam links levando a verbetes da Wikipedia e sites de empresas, entidades, Governos estaduais, Prefeituras etc.